7 de mar de 2014

[Blogagem Coletiva] Minha banda favorita


  Para oficializar minha volta ao blog, cá estou eu contribuindo com mais um post para a Blogagem Coletiva da Jessie. E, deixe-me clarear as coisas um pouco para vocês, esse é um assunto do qual eu posso passar horas escrevendo ou falando sobre.
  Sou eclética, acompanho tantas bandas que às vezes até me surpreendo com a capacidade de baixar tantas discografias. Considero favorita aquela banda que me faz querer mais e mais a cada dia, que eu não enjoo e não faz parte de uma "fase musical" na minha vida. E essa banda, para mim, é o McFly.


  Caso você não os conheça, vou resumir a história deles. A banda tem quatro integrantes: Tom, Danny, Dougie e Harry. Tudo começou quando Tom se inscreveu em um teste para ser um integrante da banda Busted e foi informado de que ele não tinha o que a banda precisava, mas que podia ajudar a escrever as canções. Como ele estava em contato com a gravadora do Busted sempre, disseram para ele ir tentar a sorte em outra audição, e foi lá que ele acabou encontrando o Danny, que foi fazer uma audição para uma boyband achando que seria uma banda de rock (hahahaha). Notando o talento que Danny tinha, o convidou para escrever canções para o Busted também.


  Quando terminaram o projeto com o Busted, decidiram que era hora de compor para a futura banda deles e assim, se fecharam por dois meses em um hotel. Depois disso, só restava achar mais integrantes e fazendo audições, optaram por Dougie e Harry, baixista e baterista. O nome McFly veio do personagem Marty McFly do épico filme "De Volta Para o Futuro". Em 2004 eles lançaram o primeiro single, 5 Colours In Her Hair.


Daí pra frente foi só alegria. Ficaram com #1 na Billboard, começaram turnês mundiais, fizeram muita besteira e em 2008 vieram para o Brasil. Foi quando eu conheci a banda pelo programa do Faustão e me apaixonei por cada verso, cada solo, cada sorriso durante as performances.


Uma das coisas que mais me fazem gostar do McFly, além da música, que pode me fazer pular ou até ficar em posição fetal chorando, é de como eles são amigos. Desde o começo eles têm um elo tão forte e tão visível que, ao vê-los juntos, é inegável. Outra coisa que me conquistou foi a maneira espontânea com a qual eles se comportam. Ao assistir um show deles você não vê uma apenas uma banda formada para aquilo, você vê, acima de tudo, quatro amigos fazendo o que amam.


Tom já é casado e vai ser pai, Danny está noivo, Harry é casado e Dougie passou por poucas e boas com a ex, mas já está em outra. E eu vi tudo isso acontecer e mais um pouco. Ao longo desses quase sete anos de fã, passei por momentos de decepção e alegria com essa banda e quer saber? Mal vejo a hora de descobrir o que vou passar com eles nos próximos sete anos.


E aí, curtiram o post? Já conheciam a banda? Sabem definir, de primeira, qual é a banda favorita de vocês? Deixem nos comentários (:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente: